PPGLI

PPGLI

Programa de Pós-Graduação em Literatura e Interculturalidade

Grupos de Pesquisa

Interações Narrativas e Socialização

 Líder: Prof. Dr. Luciano Barbosa Justino / Prof. Dr. Sebastien Joachim

 O Grupo de Pesquisa “Interações narrativas e Socialização” objetiva fomentar pesquisas que tenham como foco as interfaces entre a literatura e as construções narrativas dos modos de socialização moderna e contemporânea. Para tanto, compreende a literatura numa grande extensão semântica e metodológica. Por um lado, aborda-a a partir da diversidade sociocultural que lhe é própria e que abarca suas vertentes erudita, de massa e popular, bem como relações de etnia, classe, gênero, nacionalidade e afins. Por outro, observa-a à luz de seus diálogos interartísticos e interculturais com o cinema, a fotografia, a pintura, a HQ, o vídeo analógico e digital, a música, enfim suas migrações para além do livro. Partimos do princípio de que a literatura congrega diferentes modos de produção de linguagem, de cultura, de capitais, de técnicas e de tecnologias, de práticas de vida. Tais modos de produção se estruturam sob a égide de uma matriz semiótica fundamental, a narratividade, para nós a configuração provisória de um tempo-espaço complexo que assume a forma de um devir, inclusive sob as vias do verso. A cada dois anos, em outubro, o grupo promove o evento “Cidadania Cultural” na Universidade Estadual da Paraíba, no qual pesquisadores do grupo e convidados se reúnem para apresentar o resultado e/ou o andamento de suas pesquisas. Em 2011, o V Cidadania Cultural tem como tema: “O jovem nos espaços institucionais da modernidade: literatura e cultura erudita, popular e de massa”. Programação e justificativa do tema do encontro de 2011 em: http://pos-graduacao.ascom.uepb.edu.br/ppgli/

Outras informações ver link do Diretório de Pesquisa do CNPq

 

Estudos de Representações de Gênero e de Sexualidades

 Líder: Prof. Dr. Antônio de Pádua Dias da Silva / Profª. Drª. Maria Goretti Ribeiro

 O grupo de pesquisa tem como objetivo central focalizar, nos atuais fóruns simbólicos e materiais de discussão, questões relacionadas aos imaginários construídos e em vigor sobre as relações de gênero e suas respectivas representações nas várias linguagens e discursos, como dialetos e gírias, literaturas, cinema, propaganda, educação, ciência e outros. A proposta do grupo é, a partir dessas discussões, redefinir sistematicamente as construções dessas relações de gênero nas sociedades contemporâneas, apontando para as permanências e as modificações, simbólicas e materiais, das estruturas de poder vinculadas às noções de gênero, procurando descrever formas de viver as relações entre a sexualidade hegemônica e as alternativas e utopias que se consolidam em várias práticas discursivas nas sociedades contemporâneas, entendendo gênero e sexualidades como construções histórico-culturais mobilizadoras de várias práticas discursivas que desembocam, por assim dizer, na construção das identidades sociais e culturais, atravessadas por marcadores conceituais como masculino, feminino, homem, mulher, gay, lésbica e outros. Objetiva-se também construir aportes teórico-metodológicos com orientações ou propostas para reflexão do professorado dos ensino fundamental e médio, no que diz respeito às abordagens em salas de aula das questões relacionadas às homoafetividades.

Outras informações ver link do Diretório de Pesquisa do CNPq

 

Estudos Comparativos Interculturais

 Líder: Profª. Drª. Sudha Swarnakar / Profª. Drª. Sueli Meira Liebig

 Definição do processo dos estudos comparativos em várias modalidades. Ampliação da teoria da literatyra comparada para os estudos comparativos para incluir outras area de sabers. Estudos comparativos de gênero, cultura. Literaturas e outras areas do conhecimento; historia filosofia, musica, linguagem. Análise do processo de escritura de autores nacionais e esteingeiros, eruditos e populares. Enfoque interativo entre várias disciplinas com vistas a estudos comparativos interdisciplinares e interculturais.

Outras informações ver link do Diretório de Pesquisa do CNPq

 

Litterasofia. Hermenêutica Literária em diálogo com a Filosofia e a Teologia


 Líder: Prof. Dr. Eli Brandão da Silva / Prof. Dr. Antonio Carlos de Melo Magalhães

 O Grupo está vinculado ao Programa de Pós-graduação em Literatura e Interculturalidade, do Departamento de Letras e Artes, e ao Departamento de Filosofia e Ciências Sociais da UEPB. Desenvolve pesquisas com a participação de alunos da graduação, TCC, PIBIC e alunos da Pós-Graduação Stricto Sensu. Realiza reuniões periódicas com apresentações dos estágios de pesquisa e planeja as publicações do grupo.

O projeto Litterasofia propõe não simplesmente o diálogo entre filosofia, literatura e religião, o que seria descabido visto que este diálogo acontece na história e na produção do conhecimento, mas uma compreensão a partir de estudos específicos, procurando identificar as formas de diálogo e as implicações de filosofias e de tradições religiosas na constituição das narrativas literárias e o papel da literatura como intérprete e intervenção das tradições religiosas e filosóficas.

Como forma de respeitar e incluir a variedade de enfoques, ao mesmo tempo construir eixos temáticos e teóricos para o desenvolvimento de nossos projetos, três aspectos serão levados em consideração nas pesquisas: 1) como a literatura é incluída no pensamento filosófico e como a literatura pertence aos fundamentos e desenvolvimento da experiência religiosa, pressupondo que algumas tradições religiosas nascem em forma literária; 2) quais as implicações centrais desta inclusão para a compreensão filosófica e para a compreensão do fenômeno religioso enquanto produção cultural complexa e polissêmica; 3) como o diálogo existente entre filosofia, literatura e religião determina a obra literária, filosófica, religiosa na constituição dos textos, na estrutura narrativa, nas interpretações que as obras oferecem oriundas das relações complexas existentes entre essas formas de sabedoria.

 Outras informações ver link do Diretório de Pesquisa do CNPq

 

Grupo de Pesquisa em Dramaturgia/Teatro

 Líder: Prof. Dr. Diógenes André Vieira Maciel

 Este grupo, doravante reconhecido como Grupo de Pesquisa em Dramaturgia/GPD, teve seu alicerce – notadamente no que se refere à aquisição de um acervo bibliográfico especializadíssimo na área de dramaturgia/teatro, talvez único em nosso Estado – possibilitado pelo incentivo da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (FAPESQ-PB) e do MCT/CNPq, no âmbito do Programa Primeiros Projetos, desenvolvido entre 2008 e 2010. Um dos objetivos desta proposta foi a consolidação de um conjunto de atividades coordenadas que fortalecessem experiências de ensino e pesquisa envolvendo alunos de graduação e pós-graduação, convergentes para uma nova base de pesquisa, atrelada ao Mestrado e Doutorado em Literatura e Interculturalidade, da nossa Instituição.

Outras informações ver link do Diretório de Pesquisa do CNPq

 

História Cultural

 Líder:  Joedna Reis de Meneses / Profª. Drª. Elisa Mariana de Medeiros Nóbrega

 A história cultural tem sido um campo de análise cada vez mais fecundo por parte da historiografia. A incidência do grupo será a de trazer à tona o debate em torno da história cultural e por conseguinte consolidar os objetos deste campo temático no Centro de Humanidades, na UEPB e, especificamente, no curso de História com vistas de ofertar à comunidade de historiadores, e a quem possa interessar, uma discussão, em primeiro lugar, de como o conceito de Cultura tem sido reelaborado e ultrapassa as fronteiras do conceito de cultura como manifestação da arte, do folclore de uma determinada sociedade. Esse conceito tem sido apropriado como capaz de fundamentar a apropriação de práticas ligadas à construção dos sentimentos, do pensamento e do que a subjetividade humana é capaz de elaborar. A procura não se dá mais pela identificação das semelhanças mas, sim, pelo fazer da História um lugar de reconhecimento das diferenças. A idéia deste grupo de pesquisa é a de congregar a diversidade temática possível aos trabalhos que lidam com a História Cultural, tais como: História das cidades, da literatura, das subjetivações, da sexualidade, da loucura, do amor, da solidão, dentre outros, uma vez que a amplitude de temáticas próximas à História Cultural, na produção acadêmica da atualidade, é indiscutível.

Outras informações ver link do Diretório de Pesquisa do CNPq

 

Linguagem, Interação, Gêneros Textuais e ou Discursivos – LITERGE


 Líder: Profª. Drª. Simone Dália de Gusmão Aranha / Maria de Lourdes da Silva Leandro

O grupo de pesquisa LITERGE – Linguagem, Interação e Gêneros Textuais/Discursivos – cadastrado desde março de 2005 no CNPq, é formado por professores do Departamento de Letras e Artes, e tem como objetivo desenvolver estudos que atendam a dois pontos-eixo de abordagens voltadas para a linguagem, a interação e o discurso: pesquisa e ensino. O LITERGE dispõe das seguintes linhas de pesquisa: a) “Linguagens, Discurso e Tecnologia”; b) “Linguagem, Interação e Discurso: aspectos teóricos e práticos” e c) “Linguística Aplicada e Formação de Professor”. A partir delas, os pesquisadores refletem sobre questões da prática da leitura e da escrita, integrando aspectos linguísticos e discursivos com outras linguagens, a exemplo das construídas nos espaços tecnológicos. Além de orientações na graduação, PIBIC e TCC, temos também colaborado com o Programa de Pós-Graduação em Formação de Professores e com o Programa de Pós-Graduação em Literatura e Interculturalidade. Para divulgarmos nossas pesquisas, publicamos alguns livros como “Ensino de Língua: do impresso ao virtual”(2005); “Literatura e Linguística: teoria, análise, prática” (2007) e “Gêneros e Linguagens: Diálogos Abertos” (2009) e “Os sentidos (des)velados pela linguagem” (2012). O Grupo também organizou/realizou o I, II e III Simpósio Nacional Linguagens e Gêneros Textuais (SINALGE), evento que acontece regularmente com presença de profissionais de outras regiões do país.

Outras informações ver link do Diretório de Pesquisa do CNPq

 

Imaginário Mítico nas Artes e na Cultura

 Líder: Profª. Drª. Maria Goretti Ribeiro / Christina Bielinski Ramalho

 Estudos mitopsicológicos das literaturas lusófonas e de outras artes, com ampla dimensão da criação artística como expressão da psique e da estrutura mental e corporal do homem representadas nas artes em geral, considerando, principalmente a irrupção do inconsciente pessoal e coletivo no ato criador. Estudo de representação do imaginário e da linguagem simbólica nas diversas expressões artístico-culturais: literatura, na dança, na pintura, no cinema, no teatro, no folclore. Estudos intertextuais, considerando os mitos, o diálogo de culturas como expressão espontânea do artista e a base poética da mente na construção do objeto artístico (sobretudo no contato com a Psicologia Profunda e com as estruturas simbólicas do imaginário). Estudo da mitologia como linguagem adequada à descrição dos eternos modelos de comportamento individual e social, de certas leis essenciais do Cosmos, tendo em vista a ?circularidade cultural das imagens míticas?; as figuras do herói e da heroína míticos; do Feminino, das deusas; as imagens míticas clássicas na literatura e nas artes; as imagens míticas religiosas nas artes de expressão corporal; as imagens arquetípicas na literatura e nas artes; as imagens míticas étnico-culturais na literatura e nas artes; as imagens míticas na contemporaneidade; as formas artísticas de expressão dos mitos.

Outras informações ver link do Diretório de Pesquisa do CNPq